Verbo vir

Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de Português

O verbo vir é um verbo irregular. Por terminar em -ir, é um verbo da 3.ª conjugação. Contudo, sendo um verbo irregular, não segue o modelo fixo de conjugação verbal dos verbos da 3.ª conjugação e apresenta diversas alterações na sua estrutura quando conjugado.

Principais dificuldades na conjugação do verbo vir

A conjugação do verbo vir causa muitas dúvidas. Além de ser frequentemente confundido com o verbo ver, o verbo vir apresenta diversas formas verbais irregulares.

Vir e vim

Vim é a forma conjugada do verbo vir na 1.ª pessoa do singular do pretérito perfeito do indicativo:

  • Ontem, eu vim de carro para o trabalho.
  • Eu vim cedo para ver como você está.

O uso de vim como verbo principal em locuções verbais está errado. O correto é vir.

Formas corretas Formas erradas
vai vir
pode vir
deve vir
quer vir
tenta vir
consegue vir
pretende vir
vai vim
pode vim
deve vim
quer vim
tenta vim
consegue vim
pretende vim

Vem e vêm

Vem e vêm são formas conjugadas do verbo vir no presente do indicativo.

Vem está na 3.ª pessoa do singular (ele, ela, você):

  • Você vem agora?
  • Ela apenas vem amanhã.

Vêm está na 3.ª pessoa do plural (eles, elas, vocês):

  • Vocês vêm agora?
  • Elas apenas vêm amanhã.

Apenas deverá ser acentuada graficamente a forma no plural vêm. Está errada a escrita da palavra vém, com acento agudo. Apenas os verbos derivados de vir são acentuados na 3.ª pessoa do singular do presente do indicativo. Tal não acontece no verbo vir.

Sem acento agudo:
vem

Com acento agudo:
provém
convém
advém

Não confundir!
Veem não é uma forma conjugada do verbo vir, é uma forma conjugada do verbo ver: Essas crianças veem muita televisão.

Vir e vier

Vier é a forma correta de conjugação do verbo vir no futuro do subjuntivo:

  • Se eu vier cedo, eu aviso.
  • Se ela vier rápido, chegará a tempo.
  • Quanto ele vier para a escola, você fala com ele.
  • Quando você vier aqui, por favor me avise.

Não confundir!
No futuro do subjuntivo, vir é uma forma conjugada do verbo ver: Quando eu vir sua tia, eu dou o recado.

Vimos e viemos

Vimos é a forma conjugada do verbo vir na 1.ª pessoa do plural do presente do indicativo:

  • Nós vimos agora da praia.
  • Nós vimos de lá agorinha mesmo.

Viemos é a forma conjugada do verbo vir 1.ª pessoa do plural do pretérito perfeito do indicativo:

  • Nós viemos da praia há duas horas.
  • Nós viemos de lá ontem.

Não confundir!
Vimos é também uma forma conjugada do verbo ver: Nós vimos o que você fez.

Vem e venha

Apesar de vem e venha também serem formas conjugadas do verbo vir no presente do indicativo e no presente do subjuntivo, é no imperativo que ocorrem as principais dúvidas.

Vem se refere à 2.ª pessoa do singular (tu).
Venha se refere à 3.ª pessoa do singular (você).

Você aí? Venha para aqui, por favor!
Tu aí? Vem para aqui, por favor!

Viesse e vinhesse

Viesse é a forma correta do verbo vir no pretérito imperfeito do subjuntivo:

  • Seria melhor se ele viesse hoje.
  • Seria melhor se você viesse hoje.

A palavra vinhesse está errada.

Viram e virão

Virão é a forma conjugada do verbo vir na 3.ª pessoa do plural do futuro do presente do indicativo:

  • Eles virão na próxima semana?
  • Elas apenas virão se você chamar.

Não confundir!
Viram pode ser uma forma conjugada do verbo ver (eles viram o filme todo) ou do verbo virar (alguns príncipes viram sapos).

Conjugação do verbo vir

Na sua conjugação, o verbo vir apresenta diversos radicais: vi-, vin-, vinh-, venh-, ven-, vei-.

Modo indicativo

Presente do indicativo Pretérito perfeito do indicativo Pretérito imperfeito do indicativo
(eu) venho
(tu) vens
(ele) vem
(nós) vimos
(vós) vindes
(eles) vêm
(eu) vim
(tu) vieste
(ele) veio
(nós) viemos
(vós) viestes
(eles) vieram
(eu) vinha
(tu) vinhas
(ele) vinha
(nós) vínhamos
(vós) vínheis
(eles) vinham
Pretérito mais-que-perfeito do indicativo Futuro do presente do indicativo Futuro do pretérito do indicativo
(eu) viera
(tu) vieras
(ele) viera
(nós) viéramos
(vós) viéreis
(eles) vieram
(eu) virei
(tu) virás
(ele) virá
(nós) viremos
(vós) vireis
(eles) virão
(eu) viria
(tu) virias
(ele) viria
(nós) viríamos
(vós) viríeis
(eles) viriam

Modo subjuntivo

Presente do subjuntivo Pretérito imperfeito do subjuntivo Futuro do subjuntivo
(que eu) venha
(que tu) venhas
(que ele) venha
(que nós) venhamos
(que vós) venhais
(que eles) venham
(se eu) viesse
(se tu) viesses
(se ele) viesse
(se nós) viéssemos
(se vós) viésseis
(se eles) viessem
(quando eu) vier
(quando tu) vieres
(quando ele) vier
(quando nós) viermos
(quando vós) vierdes
(quando eles) vierem

Modo imperativo

Imperativo afirmativo Imperativo negativo
--- (eu)
vem (tu)
venha (você)
venhamos (nós)
vinde (vós)
venham (vocês)
--- (eu)
não venhas (tu)
não venha (você)
não venhamos (nós)
não venhais (vós)
não venham (vocês)

Formas nominais

Infinitivo pessoal Gerúndio Particípio
por vir (eu)
por vires (tu)
por vir (ele)
por virmos (nós)
por virdes (vós)
por virem (eles)
vindo vindo

Atenção!
O verbo vir apresenta uma forma comum para o gerúndio e o particípio (vindo):

  • Não se preocupe, ele já está vindo. (gerúndio)
  • Vocês já tinham vindo aqui antes? (particípio)

Uso do verbo vir

Além de irregular, o verbo vir pode ser classificado de diferentes formas, de acordo com o seu uso: transitivo indireto, intransitivo, pronominal e auxiliar.

Verbo transitivo indireto

Enquanto verbo transitivo indireto, estabelece regência com as preposições de, a, para, até, com:

  • Vim do interior de Minas Gerais.
  • Quantos alunos vieram ao colégio hoje?
  • Ele veio com vontade de trabalhar.

Verbo intransitivo

Como verbo intransitivo, apresenta um sentido completo, não necessitando de complementos verbais:

  • Você vem ou fica?
  • Ele disse que vinha, mas não veio.
  • De repente, veio um medo enorme!

Verbo pronominal

Como verbo pronominal, é conjugado juntamente com um pronome oblíquo átono (me, te, se, nos, vos, se):

  • Vieram-me as lágrimas aos olhos.
  • Venham-se embora!

Verbo auxiliar

Enquanto verbo auxiliar, é usado em locuções verbais juntamente com as formas nominais dos verbos (infinitivo, particípio e gerúndio):

  • Várias pessoas vieram ajudar!
  • Venha falar comigo amanhã, por favor.
  • Vinha andando cabisbaixo pela rua.

Significado do verbo vir

O verbo vir apresenta uma diversidade de significados. Indica principalmente o ato de se deslocar de um lugar para outro e de chegar para ficar, podendo estar regressando de algum lugar.

Indica também o ato de ter origem ou causa em alguma coisa, bem como o ato de estar quase a acontecer, de aparecer na memória e de nascer, chegando no mundo. Significa ainda o ato de se propagar a partir de algo, de acontecer ao mesmo tempo, de apresentar razões e argumentos e de chegar a um acordo.

Vir é, assim, sinônimo de chegar, aparecer, surgir, deslocar-se, encaminhar-se, provir, proceder, regressar, retornar, acontecer, dar-se e nascer, entre outros.

Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.

Também podem interessar

Deu branco! Como disfarçar quando você não sabe uma palavra?
Deu branco! Como disfarçar quando você não sabe uma palavra?
Voz de taquara rachada: significado da expressão
Voz de taquara rachada: significado da expressão
18 Expressões que quase todo mundo fala errado
18 Expressões que quase todo mundo fala errado
Viajar na maionese: significado e origem da expressão
Viajar na maionese: significado e origem da expressão
Pé na jaca: origem e significado da expressão
Pé na jaca: origem e significado da expressão
Macacos me mordam: significado da expressão
Macacos me mordam: significado da expressão

Dúvidas da Língua Portuguesa

Veja também